segunda-feira, 28 de fevereiro de 2011

Porque DEUS não nos tem dado espírito de covardia

"Porque DEUS não nos tem dado espírito de covardia, mas de poder, de amor e de moderação". II Tm. 1:7

 

São muitas as lutas que se avizinham para qualquer ser humano. Acordo e a minha batalha é comigo mesmo. Travo lutas internas por causa da tendência pecaminosa que teima em se fazer presente em minha vida. Isto nunca me assusta porque sei que DEUS tem as provisões necessárias e adequadas para eu desfrutar.

A partir do momento que tomei a decisão de servir a JESUS CRISTO muitas lutas se mostram, mas, a recompensa é bem maior quando antevejo o que está preparado para mim.

Eu conto com uma disposição nova. Em lugar da timidez tenho a convicção de que sou forte para enfrentar qualquer luta. Esta disposição da minha alma tem muito a ver com o caráter de JESUS que tem sido formado em mim através do Espírito. É um poder peculiar e singular. No lugar da timidez conto agora com o fruto do Espírito que me confere poder, amor e moderação.

As adversidades comuns poderão ocorrer e é em meio a estas circunstâncias que poderei contar com a fé de DEUS em mim. O sucesso ocorrerá a partir da minha disposição em enfrentar todas as forças espirituais da maldade. Existe uma batalha a ser travada; é uma batalha espiritual e eu me proponho a alistar-me neste exército de vencedores. O equipamento para esta batalha já me foi confiado. Visto-me de JESUS CRISTO e saio para conferir mais uma vitória Nome do Senhor dos Exércitos.

A derrota frente a qualquer luta significa que me tornei servo de quem venceu a batalha. Esta é uma outra interpretação para a palavra timidez. Não serei servo de quem não professa o Nome de JESUS CRISTO. Esta constatação me impulsiona a ser vencedor.

Quando tenho a minha disposição todo o poder do cosmo posso entender a raiz da palavra que originou o vocábulo "dinamite". É o mesmo poder que JESUS usufrui. Este me pertence para que eu tenha todas as vitórias propostas na Cruz do Calvário.Tudo será regido pela maior virtude que rege as manifestações espirituais – o amor. Não é sem propósito que a referência à palavra amor venha tão próximo à timidez. Quando reconheço que a timidez me torna medroso posso entender que o perfeito amor de JESUS CRISTO lança fora o medo. "... o perfeito amor lança fora o medo..." I Jo.4:18.

Mirian Pinheiro

Oração:

Senhor ajuda-me a ser vencedor. Em Nome de JESUS!

Um comentário: